26 de jul de 2010

Painel do Clima da ONU

A Organização Meteorológica Mundial (WMO) e Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) criaram em 1988 o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) com o objetivo de melhorar o entendimento científico relevante para o esclarecimento das mudanças climáticas, potenciais impactos e medidas de adaptação e mitigação.

O IPCC é formado por mais de 2,5 mil cientistas de cerca de 130 países, entre cientistas atmosféricos, oceanógrafos, especialistas em gelo, economistas, sociólogos e outros especialistas que avaliam e resumem os principais estudos sobre mudanças climáticas.
O painel se reúne periodicamente para realizar estas análises, você pode ter acesso ao calendário no seguinte link: http://www.ipcc.ch/meetings/calendar.htm.

Durante a sua história, o IPCC publicou quatro "relatórios de avaliação". O último deles foi publicado em 2007 e alegou que: “O aquecimento do sistema climático é inequívoco” e complementou que “grande parte da elevação média notada na temperatura global desde a metade do século 20 é muito provavelmente devida ao observado aumento nas concentrações antropogênicas de gases do efeito estufa”. A explicação dada pelos cientistas para a expressão ‘muito provavelmente’ é mais de 90% de certeza.

Além disso, o painel climático estima que, até o final do século, a média da temperatura na Terra deve subir entre 1,8°C e 4°C, o que causaria mudanças irreparáveis a muitos ecossistemas terrestres e consequentemente a muitos modos de vida.

Em 2007, O IPCC e o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore ganharam o Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho de concentientização internacional sobre as mudanças climáticas.

carbonoBrasil

Nenhum comentário: