7 de out de 2010

O investimento da China nos projetos de energia alternativa

A China é líder mundial em termos de desenvolvimento de energia elétrica não tradicional, graças a um ritmo de expansão de geração de energia alternativa mais elevado do mundo, disse na quarta-feira o chefe da empresa geradora estatal do país, no Congresso Mundial de Energia.

Liu Zhenya, presidente e diretor-executivo da Companhia Nacional de Eletricidade da China, principal operadora de redes elétricas do país asiático, declarou que os projetos eólicos e hidrelétricos estão se desenvolvendo rapidamente.Segundo ele, desde 2000, a geração elétrica por via eólica cresceu exponencialmente em 21 vezes, enquanto a produção da energia solar aumentou 47 vezes.

Liu revelou que as estações eólicas vão empregar turbinas eólicas e ter uma capacidade produtiva de 90,17 gigawatts, representando 78% da energia eólica total do país.

O investimento da China nos projetos de energia alternativa poderá ajudar a reduzir a emissão chinesa de gases de efeito estufa, apontou ele. "A substituição dos combustíveis fósseis por energia limpa pode fazer diminuir as emissões de carbono em 1,6 bilhão de libras (726 mil toneladas) por ano", disse.

Publicado por Joiris Manoela Dachery

Nenhum comentário: