12 de jul de 2010

Resíduos Sólidos Urbanos

Nos últimos anos o crescimento populacional ocorreu de forma espantosa e desordenada, culminando em maior consumo e por conseqüência em maior volume de resíduos. O consumismo aliado aos produtos descartáveis aumentou sobremaneira o volume diário de lixo.

Em 2004 a população mundial atingiu 6.400 milhões e continua a crescer em 80 milhões por ano, estando o Brasil em quinto lugar entre os países mais populosos, atrás da Indonésia, Estados unidos, Índia e China. A cidade de Goiânia no Estado de Goiás possui - segundo fontes do IBGE/2007 – 1,2 milhões de habitantes. Entretanto os padrões de consumo variam de acordo com a realidade de cada habitante.

Portanto o volume diário de lixo há de ser medido de forma diferenciada.A questão é: Goiânia produz muito lixo ou é fruto de um consumismo desmedido? O grau de instrução e a situação financeira traduzem consciência ambiental? Os mais abastados depositam em seus lixos resíduos orgânicos que servirão de alimento à pobreza que vive da catação? Realmente o crescimento populacional impacta o meio ambiente ou é a prática do consumismo responsável por sua degradação?

Acompanhando os catadores e caminhões de coleta de resíduos, verifica-se que o lixo produzido pela classe mais abastada, contem grandes quantidades de resíduos orgânicos e industriais. Já o lixo produzido pela classe menos favorecida possui pequena quantidade de resíduos orgânicos e inexpressiva quantidade de resíduos industriais.Observa-se que parte dos resíduos depositados pela classe mais abastada serve de alimento e fonte de renda para a classe menos favorecida, uma vez que o lixo produzido não é lixo e sim fruto de um consumo inconsciente.

Conclui-se que não é o crescimento populacional o real fator da degradação ambiental, uma vez que famílias mais abastadas e com alto grau de instrução possuem menos filhos. Entretanto, produzem numero bem maior de lixo que uma família pobre e com baixo grau de instrução.

dra. Degmar Augusta da Silva –

Um comentário:

residuos disse...

plan nacional de resíduos sólidos Brasil: www.redsolenergy.com / pnrs.pdf
Plantas Tratamento BASURA_CERO "
Uma alternativa para os problemas ambientais dos resíduos sólidos urbanos é a construção de estações de tratamento, os resíduos sólidos para produzir electricidade.
Em http://www.redsolenergy.com nós concepção e construção dos resíduos sólidos, eliminando assim o principal problema dos resíduos e na produção simultânea de eletricidade limpa e renovável. Nossas instalações e projetos para evitar que o ambiente emitem grandes quantidades de CO2, evitar problemas de resíduos, para eliminar focos da doença, a produção de electricidade limpa, renovável e criar empregos sustentáveis.
Nós trabalhamos na construção de fábricas na Europa e América.